04/05/2016 17h05 Comer e beber

Gás encanado é tendências em restaurantes da Grande Natal

A Potigás (Companhia Potiguar de Gás) está em campanha de aprimoramento de sua gestão, ampliando a base de negócios de forma que o gás natural seja um insumo de apoio à economia do Rio Grande do Norte, neste momento de crise.
 
Um dos focos comerciais da empresa é o mercado de bares, restaurantes e similiares, que estão sendo atendidos com o fornecimento de gás natural encanado, através dos novos ramais instalados pela empresa na Grande Natal.
 
"As vantagens econômicas são muito grandes para quem troca o sistema antigo, do botijão de gás, pelo encanamento da Potigás", explica o presidente da empresa, Beto Santos.
 
O custo para instalação do sistema de gás encanado para restaurantes é acessível, e o retorno é garantido, segundo os dados da empresa. Além da economia em dinheiro na conta de gás, há várias outras vantagens para os empresários do setor: segurança, continuidade do fornecimento, pagamento só após o consumo do produto, ganho de espaço com o fim da estocagem do gás em botijões, entre outros.
 
Beto Santos explica que, neste ano de 2016, a empresa vem mirando nos estabelecimentos do segmento de alimentos e bebidas. O setor comercial da empresa criou um plano de negócios específico. E, diante disso, praticamente todos os estabelecimentos já foram ou estão sendo visitados.
 
Outra boa notícia é que a Potigás está construindo um ramal para levar o gás encanado também para o Distrito Industrial de Goianinha. Isso vai facilitar, em um futuro próximo, as chances de expansão também para o mercado de restaurantes da Pipa, um dos maiores centros gastronômicos do RN.
 
Os donos de restaurantes interessados em fazer contato com a empresa e solicitar a visita dos técnicos para viabilizar a instalação do gás natural podem telefonar para o número (84) 3204-8500.
 
Fonte: Revista Deguste

Notícias Relacionadas

Festival de Açaí Gourmet é o destaque da Feira Gastronômica de Natal

Árvore de Natal é inaugurada no bairro de Mirassol

Bom apetite

Feiras livres em Natal estão mudando. Sabia?

Comentários