25/11/2017 11h11 Cotidiano

“Fracassar” é o maior medo do brasileiro

Enfrentar algum problema sério com os filhos, perder o emprego, voar de avião ou ser atacado por abelhas: seja qual for o seu maior medo, ele faz parte de construções que acompanham a evolução da humanidade e das tecnologias. As redes sociais e a sociedade hiperconectada na última década, no entanto, são responsáveis por reformular medos que já existem, conforme aponta um novo estudo da FCB.

O estudo Os Medos que Pairam sobre Nós foi realizado em Agosto deste ano em parceria com os institutos de pesquisa Quantas e Coletivo Tsuru, e identificou que 78% dos brasileiros têm muito medo de fracassar, 54% têm medo do julgamento dos outros e 52% têm medo de falar o que pensam. Tais índices  quase se equiparam a medos comuns e socialmente aceitos, como o medo de avião e medo de perder o filho - com 54% e 51% de incidência, respectivamente.

O estudo foi feito em três etapas em todas as regiões do Brasil, com respondentes das classes ABC, com mais de 13 anos: 50 entrevistas presenciais, questionário aberto online com 230 pessoas e mais 2.088 respostas quantitativas on-line.

Notícias Relacionadas

Sistema de multas agora será eletrônico no RN

Educação de Primeiro Mundo

Detran/RN planeja ações para Semana Nacional de Trânsito

Direito facilitado

Comentários