14/01/2018 23h01 Cotidiano

Casa inteligente? Ainda não

Comparado com o passado recente, nossos lares já podem fazer algumas coisas interessantes. Mais pessoas usam aparelhos inteligentes para controlar a iluminação e a temperatura, e as torradeiras podem enviar notificações quando o café da manhã estiver pronto. Mas isso é apenas o começo.

“Em várias maneiras, a casa inteligente ainda é boba atualmente”, diz Ted Booth, diretor de design de user experience da Honeywell Connected Home. “Para se tornar realmente inteligente, é preciso análise de dados, inteligência artificial e coisas do gênero”, complementa. Os sistemas precisam ficar mais robustos e confiáveis, aponta. E agora que a aura de novidade de algumas das tecnologias desapareceu, a próxima área de foco será conforto e segurança. Os termostatos inteligentes, por exemplo, podem ajudar os clientes a ajustar hábitos e, em última instância, economizar dinheiro.

Notícias Relacionadas

A partir de hoje, motoristas devem manter faróis em luz baixa em rodovias

Câmara Cascudo toma conta do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo

Após pressão, Senado altera PL que regulamenta Uber

Gás natural canalizado tem sido a aposta dos condomínios residenciais

Comentários