14/01/2018 23h01 Cotidiano

Casa inteligente? Ainda não

Comparado com o passado recente, nossos lares já podem fazer algumas coisas interessantes. Mais pessoas usam aparelhos inteligentes para controlar a iluminação e a temperatura, e as torradeiras podem enviar notificações quando o café da manhã estiver pronto. Mas isso é apenas o começo.

“Em várias maneiras, a casa inteligente ainda é boba atualmente”, diz Ted Booth, diretor de design de user experience da Honeywell Connected Home. “Para se tornar realmente inteligente, é preciso análise de dados, inteligência artificial e coisas do gênero”, complementa. Os sistemas precisam ficar mais robustos e confiáveis, aponta. E agora que a aura de novidade de algumas das tecnologias desapareceu, a próxima área de foco será conforto e segurança. Os termostatos inteligentes, por exemplo, podem ajudar os clientes a ajustar hábitos e, em última instância, economizar dinheiro.

Notícias Relacionadas

Após pressão, Senado altera PL que regulamenta Uber

Marketing nos EUA tem 45% de mulheres

Conheça as infrações de trânsito mais caras para o seu bolso

Projeto de metodologias do Sebrae visa start-ups

Comentários