30/03/2018 00h03 Cotidiano

Marketing nos EUA tem 45% de mulheres

As mulheres respondem por quase metade das principais funções de Marketing em grandes empresas, incluindo atividades nos setores de serviços bancários – que possuem mais figuras femininas como líderes do que homens - de acordo com um novo relatório da Association of National Advertisers (ANA). Porém, as companhias continuam atrasadas quando o assunto é promover asiáticos, latinos e negro para cargos de marketing.

O relatório anual “CMO scorecard”, realizado pela ANA, registra a composição de cargos de diretores de marketing ou daqueles equivalentes a diretores de marketing em 747 empresas, que vão de Apple a Verizon. A pesquisa constata uma discriminação de gênero de 45% de mulheres para 55% do sexo masculino. Mas, apenas 13% das principais posições não são ocupadas por pessoas brancas. Desse número, 5% são asiáticos, 4% são hispânicos/latinos e 3% são negros.

Isso significa que a liderança, responsável por supervisionar os orçamentos das maiores e mais influentes companhias dos Estados Unidos, é mais branca do que a população no geral. Os negros representavam 13,3% dos habitantes dos Estados Unidos em 1º de julho de 2017, segundo o U.S. Census Bureau. A população é formada, ainda, por 17,8% de hispânicos e 5,7% de asiáticos.

Notícias Relacionadas

Detran do Shopping Via Direta inicia agendamento de exame prático veicular

Gás natural em casa ou no motor: segurança e economia

Senac/RN promove ciclo de palestras gratuitas sobre o mercado de trabalho

Milhares de imóveis da União estão vagos para uso

Comentários