22/05/2018 11h05 Cotidiano

Sociedade armada: conflito ou solução?

O portal de notícias “Agora RN” estará promovendo no próximo dia 30 de Maio, no Holiday Inn, o evento Agora em Debate com o tema Sociedade Armada: Conflito ou Solução? O assunto do armamento foi escolhido para essa primeira edição porque tem ganhado cada vez mais destaque no Brasil, pautando inclusive a agenda política dos pré-candidatos à Presidência da República. Sobretudo nos últimos anos, por causa do aumento nos índices de criminalidade, o tema passou a ser ainda mais discutido.

De um lado, defensores da ampliação do direito ao armamento argumentam que a posse de armas pelos cidadãos comuns poderia frear a ação de criminosos. Já os que preferem a limitação do porte apontam que a disseminação do armamento provocaria justamente o efeito contrário: o aumento da violência. 

Em 2004, entrou em vigor no país o Estatuto do Desarmamento, que dificultou ao cidadão comum o acesso a armas de fogo. Os resultados da lei sancionada ainda durante o governo do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva são contestados pelos estudiosos do assunto.

Os defensores da lei apontam, entre outras estatísticas, que o Estatuto “poupou” a vida de mais de 160 mil pessoas desde que entrou em vigor (Mapa da Violência 2015). Por outro lado, quem defende a ampliação do armamento justifica que, mesmo com regras rígidas de obtenção do porte, tem crescido no país o número de pessoas mortas por armas de fogo. Segundo o Mapa da Violência 2016, 42.291 foram assassinadas em 2014, ano-base do levantamento.

Notícias Relacionadas

Após pressão, Senado altera PL que regulamenta Uber

ENEM: domingo é decisão

A música contra a ansiedade

ENEM 2018: disciplina é o segredo

Comentários