20/01/2018 10h01 Cotidiano

Venda de livros em 2017 foi positiva

Ao todo, 42.377.701 livros foram vendidos no Brasil em 2017, 4,55% a mais do que no ano anterior - 40.495.299. O dado acompanha o aumento de faturamento do setor no ano passado, que saltou de R$ 1.607.863.932 para R$ 1.706.746.850, apresentando uma variação de 6,15%.

Desde 2013, quando o levantamento Painel das Vendas de Livros do Brasil - realizado pela Nielsen e divulgado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) - foi iniciado, é a primeira vez que o balanço anual expõe dados positivos acima da inflação. O estudo baseia-se nos resultados da Nielsen Bookscan, um serviço de monitoramento de caixa das livrarias, e-commerces e varejistas colaboradores.

Segundo o relatório, o preço médio de livros foi de R$ 40,31 em 2017. No ano anterior, o valor foi de R$ 39,70. Em 2017, o preço dos top 500 livros ficou em R$ 32,94, 6,14% a mais que em 2016 - R$ 31,04.

Em termos de faturamento, a importância dos gêneros literários não sofreu grandes mudanças. A categoria Não Ficção Especialista foi a que apresentou os números mais elevados no ano passado (28,97%) e em 2016 (28,58%). O gênero Ficção foi o que sofreu maior variação de valor, 4,56%. Antes, em 2016, a média era de R$31,07 e, em 2017, R$ 32,49. Em contrapartida, Não Ficção Especialista teve uma queda de 1,90% - em 2016, os livros eram vendidos por R$ 62,77 e, no ano passado, por R$ 61,58%.

Notícias Relacionadas

InterTV Cabugi seleciona jovem aprendiz

gas natural

Saiba em que segmentos você pode economizar com gás natural

Alexa dominará mercado

Gás natural em casa ou no motor: segurança e economia

Comentários