25/05/2018 01h05 Cultura & Rolés

Meu Seridó volta à Casa da Ribeira

O sertão que vibra, pulsa e faz viver. O sertão das mulheres esquecidas e das mulheres que sonham. O não lugar, como escreveu Guimarães Rosa, o sertão que é seca e água, e é também o espaço da imensidão. Com fortes questões norteadoras, o espetáculo “Meu Seridó” traz a condição da mulher no sertão, a extinção do indígena em detrimento do boi e a desertificação, na luta diária pela sobrevivência como força bruta do ser. Como o próprio autor escreveu: “A nossa história acontece em algum lugar entre a realidade, o delírio e a nostalgia”.

Idealizado pela atriz Titina Medeiros, com direção de César Ferrário, texto de Filipe Miguez (autor da novela Cheias de Charme) e grande elenco, Meu Seridó estreou em novembro de 2017, realizando uma circulação por oito bairros de Natal, além de uma temporada no TECESOL e sua estreia no palco no FICA (Festival Internacional da Casa da Ribeira).

Acompanhada pelos atores Nara Kelly, Igor Fortunato, Caio Padilha - assinando também a trilha sonora - e Marcílio Amorim, Titina fez ao lado da equipe uma árdua pesquisa histórica, conduzidos pela historiadora Leusa Araújo, através de imersões no próprio Seridó. Natural de Acari, Titina sonhou com esse espetáculo por anos, reunindo as suas vivências e coragem para retirar do próprio solo a história de vida de muitos sertanejos.

 

Notícias Relacionadas

Arena Elétrica retorna para o Carnatal

Público

Os rolés mais imperdíveis que estão por vir

Bossa and Jazz confirma Roberta Sá e esquenta o clima para o festival

Deadpool para maiores

Comentários