19/04/2018 10h04 Cultura & Rolés

Netflix acerta com Perdidos no Espaço

A “Regra dos 15 Anos” diz que você não deve assistir novamente a filmes ou séries que gostou há mais de 15 anos. É verdade, pouca coisa resiste. Babylon 5 fica péssima, e a maioria dos seriados dos anos 1980 são pura fórmula, mas e quando se trata de um remake, um reboot, uma nova visão baseada em uma série antiga? Perdidos no Espaço está presente até na memória afetiva de quem nunca assistiu, o tema de Johnny Williams é inconfundível e a história da Família Robinson é querida por gerações, por isso tanta gente está reclamando da nova versão.

O antigo Perdidos no Espaço que você acha que ama é uma versão Sci-Fi de os Robinsons Suiçosm livro de Johann David Wyss escrito em 1812 que conta a história de uma família que sofre um naufrágio e tem que se virar para sobreviver em uma ilha deserta. Esse livro, aliás, é uma variação de Robinson Crusoé de 1719. O próprio nome da família é uma referência explícita.

Já a série da Netflix é o primeiro remake bem-sucedido da original de 1965. Em 2004 foi feito um piloto não aprovado, dirigido por John Woo, mas fora ele e o filme de 1998 nada mais. A impressão geral era que Perdidos no Espaço não funcionaria para as novas plateias. O que não funciona é uma série de baixo orçamento com cenários de papel machê e personagens caricatos. O conceito em si, de uma família em uma viagem para Alfa Centauro que tem sua rota desviada e tem que sobreviver em um planeta hostil funciona, mas para isso você precisa de tempo e uma fortuna, por sorte a Netflix tinha as duas coisas.

Perdidos no Espaço de 2018 é grandioso. Tem visual cinematográfico em todos os episódios, um monte de cenas externas e mesmo o interior das naves não é claustrofóbico. A série é moderna, mas não modernosa, a tecnologia é basicamente a atual, e se soa estranho no meio disso a Humanidade ser capaz de viagem interestelar, fique calmo que será explicado.

- Publicado no site Meio Bit

Notícias Relacionadas

Em casa no fim de semana? MELHORE!

Hoje o dia é de Sunset na Pipa

Transporte público funcionará 24h nos 4 dias de Carnatal

Pipa saborosa

Comentários