29/11/2017 10h11 Mais

Loja colaborativa, uma nova tendência

A loja colaborativa é um modelo de negócio fundamentado nos princípios da economia colaborativa, que, por sua vez, nada mais é que o compartilhamento e a troca de serviços e objetos entre empresas. A principal vantagem é a redução de custos fixos, bem como o acesso a um bem ou serviço que individualmente seria mais difícil ou inviável.

A economia compartilhada já é uma realidade que está impactando os negócios de inúmeros setores e atividades produtivas. No setor de comércio dos pequenos negócios, a economia colaborativa destaca-se, principalmente, pela modalidade de loja colaborativa, um estabelecimento que comercializa produtos e serviços de diversas empresas.

A comercialização de produtos pode ser por meio de consignação ou por locação de espaço, que é o mais comum. A loja colaborativa funciona como um espaço físico coletivo, onde os empresários de pequenos negócios comercializam diretamente os seus produtos e serviços com as vantagens de uma loja física, sem terem que investir recursos em um ponto comercial próprio. Pela sua simplicidade e praticidade, o mercado colaborativo exige menos gastos.

Geralmente, as lojas colaborativas comercializam produtos de diferentes segmentos(como roupas, presentes, artesanatos, acessórios de decoração, utilidades domésticas, entre outros) e de diferentes pessoas em um mesmo local, com custos que podem variar de acordo com o tamanho do espaço utilizado pelos produtos.

Saiba mais em www.sebrae.com.br

Notícias Relacionadas

Empresa de Natal aposta na qualidade de vida dos funcionários

Curso de comida para bebês

Pra dominar sua casa

Potiguares são destaque na Olimpíada Nacional de História do Brasil

Comentários