08/09/2017 16h09 Na Web

Dá pra acreditar?

O Facebook informou na última quarta-feira, que contas falsas ligadas a políticos na Rússia pagaram um total de US$ 100 mil em anúncios nos últimos dois anos.

De acordo com a empresa, as propagandas não tinham mensagens voltadas para a campanha eleitoral dos Estados Unidos em si, mas inseriam informações sobre “mensagens sociais e políticas divisórias” no país, como temas ligados às questões raciais e de LGBTs, de imigração e sobre armas de fogo.

“Nossas análises apontam que essas contas e essas páginas eram ligadas a um ou mais pessoas provavelmente na Rússia”, informou o Facebook. A rede social está atuando em conjunto com uma investigação nos EUA que investiga a relação entre lideranças russas e o comitê de campanha do atual presidente, Donald Trump.

Notícias Relacionadas

YouTube terá streaming de música em Março

Bitcoin ultrapassa os US$ 9 mil e continua subindo

Força para a Educação

Golaço na publicidade

Comentários