18/07/2017 10h07 RN

Mais sal na economia

O Governador Robinson Faria se reuniu no auditório do Sesi em Mossoró com representantes da indústria salineira no Rio Grande do Norte, atividade que produz 96% do sal brasileiro.

Segundo Robinson, “participar desta reunião aqui em Mossoró mostra a importância que o governador dá à questão do sal e aos pleitos dos empresários do setor. Venho trazer o meu total e irrestrito apoio àqueles que trabalham na cadeia do sal no Rio Grande do Norte, uma das principais atividades da nossa economia.”

Atividade que vem sofrendo injustiças ao longo do tempo, com a redução da alíquota para importação de sal produzido no Chile e com as restrições impostas pela legislação federal, a salineira hoje é considerada por ele “sobrevivente”. “O que precisar ser feito para reverter as dificuldades terá o meu apoio e da equipe do nosso Governo que é parceiro dos salineiros do RN”, afirmou, lembrando que assinou a concessão de incentivos fiscais ao setor com vigência para os quatro anos do seu mandato.

Robinson Faria reconheceu que hoje há um impasse na cadeia produtiva do sal no RN. E considerou que “a luta para defender a indústria salineira é suprapartidária e deve contar com apoio de toda a classe política do estado. “Essa luta deve estar acima dos partidos. E requer muita ousadia de todos nós, para que possamos convencer autoridades e órgãos federais a retirar as barreiras que estão nos prejudicando”.

Notícias Relacionadas

RN

Presença importante

RN

"Nosso mar é o mais bonito", brinca governador do RN em Buenos Aires

RN

Educação do RN divulga calendário de matrículas 2018

RN

UFRN promete volta às aulas sem ambulantes nos corredores

Comentários