02/01/2018 11h01 RN

Presença das Forças Armadas

Em relatório divulgado ontem, o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, constatou que houve uma “queda vertical” nos delitos praticados no Rio Grande do Norte desde que as Forças Armadas chegaram para socorrer o estado, que desde o dia 19 de Dezembro não é mais protegido por policiais militares, civis e bombeiros.

O ministro, revelando os resultados da Operação Potiguar III, explicou que houve um decréscimo de assassinatos no estado desde a última sexta-feira 29, quando foram registrados 18 homicídios - número, este, que caiu para 11 no dia seguinte, dois no último dia de 2017, e apenas um nesta segunda-feira. Outros crimes, como arrombamentos também registraram queda, de acordo com Jungmann.

Ao todo, foram 380 ações, entre rondas e patrulhamentos. Durante a virada do ano, cerca de 100 viaturas se encontravam nas ruas do estado.

Notícias Relacionadas

RN

Melhorias em Pau dos Ferros

RN

Socorro na hora

RN

Minha Casa Minha Vida: atualização de cadastro

RN

Atitude pela vida

Comentários