14/06/2018 10h06 RN

Vitória da Carcinicultura potiguar no STF

Segundo maior estado brasileiro em área de cultivo de camarão, o Rio Grande do Norte comemora decisão favorável ao setor da carcinicultura nacional, obtido no último dia 05 junto ao Supremo Tribunal Federal - STF. A partir de agora, só entra no Brasil o crustáceo cujo país exportador não possua doenças de alto risco para a biodiversidade marinha e, principalmente, para a do camarão nacional.

Na decisão do dia 05, o STF negou um pedido de suspensão de liminar do Tribunal Regional Federal - TRF, da 1ª Região, que autorizava a importação de camarão do Equador sem a necessidade da Análise de Risco de Importação - ARI. Esse resultado positivo para o setor da carcinicultura foi obtido por meio de ação judicial movida pela Associação Brasileira de Criadores de Camarão (ABCC), sediada em Natal, com o apoio dos governadores do Rio Grande Norte, Bahia, Sergipe e Maranhão.

Em território potiguar, a criação de camarão movimenta uma ampla rede de negócios que vão desde fábricas de ração a restaurantes. Por entender essa importância econômica, o Governo do RN vem apoiando o setor. Em fevereiro passado, por exemplo, o Governador Robinson Faria reuniu-se com representantes do segmento para reforçar a segurança nos viveiros de camarão.

Notícias Relacionadas

RN

O que importa

RN

RG mais rápido

RN

Malha fina

RN

Proteção em larga escala

Comentários